Avançar para o conteúdo

Desenvolvimento Organizacional em 3 passos simples

Desenvolvimento Organizacional, densisfor
Este artigo aborda o conceito de Desenvolvimento Organizacional (DO), uma teoria criada em 1947 com o propósito de transformar os valores, crenças e a estrutura de uma empresa para que ela se adapte rapidamente a novos mercados, mudanças e desafios. O DO surge como um guia para as organizações, propondo conceitos e valores que direcionam as suas atitudes e posicionamentos, visando mantê-las competitivas num ambiente em constante transformação. O texto também destaca os princípios e práticas do DO, como a visão sistêmica, envolvimento e participação dos membros da organização, aprendizagem contínua e flexibilidade. Além disso, são mencionados os benefícios do Desenvolvimento Organizacional, como melhoria na comunicação, maior eficiência e produtividade, resolução de conflitos, clima organizacional positivo e capacidade de adaptação às mudanças do mercado.

A teoria do Desenvolvimento Organizacional (DO)

A DO destaca a influência de dois fatores nas empresas:

  • ambiente interno
  • externo.

Para se manterem competitivas, as organizações precisam de gerir eficientemente estas 2 esferas. O ambiente externo abrange mudanças no mercado e a cultura da sociedade, enquanto o ambiente interno inclui o clima e a cultura organizacional. O equilíbrio entre estes fatores é crucial para evitar a perda de competitividade e vitalidade da organização. 

Como o Ambiente Interno e Externo influenciam a Organização

Ambiente Interno:

As empresas preocupam-se com os seus colaboradores, mas os problemas podem surgir de um processo de recrutamento e seleção desalinhado com a cultura organizacional e da falta de oportunidades de desenvolvimento. Colaboradores desalinhados com a cultura organizacional ou desmotivados prejudicam o desempenho da empresa.

Ambiente Externo:

Os fatores externos são percetíveis e podem afetar a imagem da empresa. A adaptação às mudanças do mercado é crucial para evitar ficar para trás e garantir a competitividade. O Desenvolvimento Organizacional procura aprimorar a organização e abraçar transformações para evitar problemas.

Desenvolvimento Organizacional tem soluções!

O Desenvolvimento Organizacional propõe a evolução constante da organização, tanto no ambiente interno como face às mudanças d mercado. Isto implica transformar a cultura organizacional e os modelos de funcionamento para se tornar mais competitivo através da adaptabilidade. É fundamental tornar prioritário o desenvolvimento das pessoas internamente para capacitar a empresa a realizar as mudanças necessárias no ambiente externo.

Conclusão

A psicologia das forças e virtudes oferece uma perspetiva inovadora e promissora para o desenvolvimento humano, enfatizando a importância de valorizar e cultivar os nossos talentos naturais inerentes a cada indivíduo. Ao valorizar o foco nos nosso pontos fortes pessoais, promover o bem-estar emocional e procurar o crescimento pessoal, esta abordagem inspira-nos a alcançar o nosso verdadeiro potencial e viver uma vida mais plena e significativa. Ao investirmos em programas e práticas que incentivam a adoção desta perspetiva, empresas e comunidades podem colher os benefícios de colaboradores mais envolvidos, motivados e realizados.

Benefícios do Desenvolvimento Organizacional para as empresas

  1. Maior agilidade: O Desenvolvimento Organizacional permite guiar as empresas para crescerem e se desenvolverem face a mudanças externas e internas. Torna a empresa preparada para se adaptar a novos cenários e crises, com colaboradores alinhados e prontos para tomar atitudes necessárias.
  2. Alcance dos objetivos organizacionais: Permite ajustar o comportamento dos colaboradores para atingir metas, mesmo sem grandes mudanças. Oferece realinhamento estratégico contínuo, adaptando-se aos objetivos da empresa ao longo do tempo.
  3. Melhora no clima e cultura organizacional: Compartilhamento da visão e posicionamento da empresa alinha práticas, une equipes em prol do mesmo objetivo, cria senso de pertencimento e favorece a transparência entre os membros.
  4. Envolvimento dos colaboradores: O Desenvolvimento Organizacional promove o alinhamento contínuo dos colaboradores através de revisões de práticas, feedbacks e melhoria do trabalho em equipa. Isto reduz atritos e melhora o envolvimento, permitindo que os colaboradores se sintam mais participativos e valorizados na procura pelo desenvolvimento constante da empresa.
  5. Precisão no Recrutamento e Seleção: O Desenvolvimento Organizacional facilita o recrutamento, pois consolida a cultura e posicionamento da empresa. O RH tem uma visão clara dos comportamentos desejados e pode avaliar os candidatos de acordo com a cultura da organização.

Como transformar a sua empresa ?

O Desenvolvimento Organizacional propõe realizar mudanças na organização a partir de três pilares:  A Recolha de Dados, o Diagnóstico, o Plano de Ação.

  • Recolha de Dados: Nesta primeira etapa, recolhem-se dados sobre a situação atual da organização, analisando os aspetos a melhorar. São registados os processos, comportamentos dos colaboradores e cultura empresarial. Entrevistas, questionários e observação do trabalho são utilizados.

  • Diagnóstico: Analisa-se os resultados da pesquisa, verificando a satisfação dos colaboradores, eficiência e outros aspetos relevantes para o bom funcionamento do negócio. Identificam-se as questões prioritárias a serem resolvidas para alcançar os objetivos.

  • Plano de Ação: Com base na análise da situação, selecionam-se os métodos para desenvolver os colaboradores, como palestras, formações, T-Groups ou consultoria de processos. O Desenvolvimento Organizacional visa melhorar o desempenho, aplicando as práticas de forma adequada ao perfil da empresa.

Como Promover o Desenvolvimento de pessoas?

O Desenvolvimento Organizacional não é um método, mas sim um conceito que pode ser colocado em prática de várias maneiras. No Plano de Ação, podem ocorrer várias intervenções para promover mudanças no ambiente organizacional.

A Formação e Desenvolvimento são essenciais, qualificando os colaboradores a curto e longo prazo. A formação prepara para atividades específicas, enquanto o desenvolvimento visa melhorar o desempenho pessoal dos colaboradores a longo prazo.  Ambos se complementam e contribuem para o desenvolvimento organizacional de uma forma geral.

Podem ser realizados de diversas formas, com foco no indivíduo ou no grupo. Existem eventos motivacionais para envolver os colaboradores, formação comportamental para aprimorar habilidades e de integração para novos colaboradores.

Estas formações podem ocorrer em cursos presenciais, workshops, eventos ou virtualmente através de plataformas EAD ou Blended Learning (presencial e à distância).

No desenvolvimento individual, pode-se usar o Plano de Carreira e ações de Coaching e Mentoria  Individual. Para grupos, atividades de relacionamento intergrupal e a técnica do espelho organizacional são úteis para melhorar a colaboração e desempenho do trabalho em equipa.

O DO é essencial para o crescimento das empresas e a Formação e o Desenvolvimento são a base deste processo. Desenhar e implementar um projeto  de DO é crucial para a evolução da organização.

Conclusão

O Desenvolvimento Organizacional é uma abordagem essencial para as empresas que procuram adaptar-se e prosperar num cenário empresarial em constante evolução. Com o foco na transformação dos valores, crenças e estrutura da organização, e ao incentivar a aprendizagem contínua e a participação de todos os membros, o Desenvolvimento Organizacional torna-se um guia poderoso para a construção de organizações mais resilientes e competitivas. Ao investir nesta abordagem, as empresas estarão preparadas para enfrentar os desafios futuros com confiança e sucesso.

Outros Artigos

Técnico de Sistemas de Segurança; Eletrónica ( Registo Prévio PSP ); Técnico Instalador

Técnico de Sistemas de Segurança Eletrónica: Registo Prévio PSP

Num mundo onde a segurança é uma prioridade constante, o Curso Técnico de Sistemas de Segurança Eletrónica – Registo Prévio PSP, oferece uma entrada promissora no campo da segurança eletrónica em Portugal. Ministrado pela Densisfor Consulting Lda., este curso é um passo crucial para quem deseja uma carreira técnica em sistemas eletrónicos para a proteção de pessoas e propriedades.

vigilante, funções do vigilante, segurança privada

Sabes quais as Funções do Vigilante?

O vigilante é essencial na prevenção da prática de crimes, seja em espaços públicos ou privados. Os vigilantes desempenham um papel fundamental em prevenir incidentes, proteger pessoas e bens, e garantir um ambiente tranquilo. Neste artigo, vamos explorar as principais responsabilidades e funções de um vigilante, destacando o seu papel crucial na sociedade.

Segurança Privada, vigilante, profissão, cursos, cartão MAI, Prossegur, Grupo8, Securitas, Prestibel, Strong sharon

Desafios da Segurança Privada

A Segurança Privada desempenha um papel crucial na proteção de pessoas e bens em Portugal. Com um crescimento constante nos setores comerciais, industriais e residenciais, a procura por profissionais de segurança privada tem aumentado significativamente. Neste artigo, exploraremos a importância desta profissão, as suas responsabilidades, regulamentação e os desafios enfrentados pelos seguranças privados em Portugal.

Densisfor Consulting
Faça a sua escolha
Gostaríamos de informar que nosso site utiliza cookies para aprimorar a sua experiência de navegação. Os Cookies são pequenos arquivos de texto armazenados no seu dispositivo quando visita o nosso site.   
Privacidad